Share

Retrato econômico do Brasil

Evolução económica (dezembro 2021)

Projeta-se que o crescimento do PIB atinja 5% em 2021, mas desacelere para 1,4% em 2022 e 2,1% em 2023. O ritmo da campanha de vacinação acelerou e a atividade econômica, sustentada pelo consumo e pelo investimento privados, retomou com a diminuição das restrições. As exportações têm beneficiado da recuperação global e de uma taxa de câmbio mais fraca. No entanto, os gargalos na oferta, um baixo poder aquisitivo, as taxas de juros mais altas e as incertezas de política econômica desaceleraram o ritmo da recuperação. O mercado de trabalho tem se recuperado com um certo atraso e o desemprego permanece acima dos níveis pré-pandemia.

Relatório Econômico do Brasil (dezembro 2020)

A pandemia COVID-19 causou muito sofrimento humano e desencadeou uma profunda recessão no Brasil. As políticas econômicas reagiram de maneira oportuna e decisiva à crise, apoiando milhões de brasileiros. Mas uma recuperação forte e inclusiva da recessão exigirá melhorias duradouras nas políticas econômicas. Melhorar os resultados fiscais continua sendo um dos principais desafios do Brasil, dado o nível da dívida pública, à qual a pandemia aumentou significativamente.

Resumo executivo

Apresentação

Coletiva de imprensa

Podcast

  • Ouçam os autores do reporte economico do Brasil